Buscar
  • Mônica Bergamo

PANELAS SEGURAS E SAUDÁVEIS - VOCÊ SABE QUAL ESCOLHER?

Atualizado: 10 de Dez de 2019


Comprar produtos frescos, orgânicos e livres de agrotóxicos para preparar as refeições, já não é mais segredo para quem busca saúde e qualidade de vida. Mas agora, a grande questão, é se vocês estão utilizando os utensílios corretos na hora de preparar os alimentos, como panelas ideias e saudáveis.

Hoje em dia, existe uma grande variedade de utensílios de cozinha, desenvolvidos CDM: aço inoxidável, ferro fundido, cerâmica, cobre, alumínio, argila, além de muitas superfícies comercializadas como antiaderentes. Muitos deles são bons, enquanto outros podem ser prejudiciais à sua saúde.


Você sabe o que levar em consideração na hora de escolher a panela ideal, livre de toxinas?


Na hora de escolher os utensílios saudáveis para a sua cozinha, leve em consideração os produtos químicos utilizados em seu desenvolvimento. Avalie os pros e contras de cada produto e qual se adequá melhor ao seu estilo de vida.


Os produtos químicos utilizados ​​nas próprias panelas não ficam apenas nas panelas e frigideiras. Eles podem lixiviar os alimentos que você cozinha e serem liberados no ar quando os utensílios de cozinha são aquecidos. As penals antiaderentes estão entre os piores vilões.


Ninguém gosta de jogar fora uma panela perfeitamente boa. Todos nós queremos comprar produtos que durem um bom tempo. Mas o tempo de vida geralmente depende da manutenção necessária e facilidade com que os materiais são arranhados ou danificados. Normalmente, o ferro fundido e as panelas de aço inoxidável de boa qualidade podem durar décadas, enquanto a maioria das panelas e frigideiras antiaderentes se desgastam em poucos anos.


Se você não pode comprar uma marca de primeira linha, não se preocupe. Existem muitas opções de preço médio que podem ser relativamente seguras e duram um bom tempo.


A seguir vou falar um pouco sobre os pros e contras de algumas panelas e o que você deve evitar.


Panelas antiaderentes revestidas com teflon


Embora as panelas antiaderentes revestidas com teflon possam poupar o trabalho de lubrificar a panela antes de cozinhar e ser fácil de manusear e limpar, antiaderente não significa não tóxico. Quando a maioria das panelas antiaderentes é aquecida, elas emitem fumaça tóxica no ar. A toxicidade é um problema tão grande que os rótulos dos fabricantes nas panelas antiaderentes geralmente alertam aos consumidores para não usarem calor alto com esses produtos. No entanto, testes financiados pelo Environmental Working Group (EWG) mostram que em apenas alguns minutos em um fogão típico, as panelas antiaderentes podem exceder as temperaturas nas quais o revestimento se desfaz e emite toxinas.


Um dos revestimentos antiaderentes mais difundidos é o Teflon, que traz muitas preocupações. Os veterinários de aves sabem há décadas que muitas formas de utensílios antiaderentes podem produzir vapores perigosos para os pássaros de estimação. Já em 1986, um veterinário de Chicago chamou “Teflon toxicosis” como “principal causa da morte entre pássaros”. Centenas de pássaros de estimação foram, e ainda são, mortos pelos vapores das panelas antiaderentes de Teflon.


Os pássaros podem ser mais sensíveis a gases que os humanos. Mas se algo é letal para os pássaros, também não é bom para você.


Se você precisar cozinhar com teflon ou outras panelas antiaderentes típicas, use fogo baixo ou médio e mexa com uma colher de pau para minimizar a exposição a produtos químicos.


Panelas de alumínio


Panelas de alumínio também podem apresentar problemas. Alguns estudos mostram que o metal pode infiltrar-se nos alimentos, especialmente quando você está cozinhando produtos à base de tomate ou outros alimentos ácidos. Se o excesso de alumínio entrar em seu corpo, ele poderá se estabelecer nos órgãos internos, incluindo cérebro, fígado, coração e ossos, e eventualmente causar doenças. A exposição ao alumínio tem sido estudada por seu potencial vínculo com a doença de Alzheimer há muitos anos.


E o alumínio anodizado? Nesse caso, há uma camada protetora sobre o alumínio para aumentar a durabilidade, mas ainda pode quebrar com o tempo.


Panelas de cobre


O cobre parece bom, mas pode ser tóxico. O cobre penetra nos alimentos e entra no corpo. Embora seja ncessario pequenas quantidades de cobre para a nossa saúde, o excesso de cobre pode ser prejudicial e contribuir para doenças neurodegenerativas.


Panelas de cobre tendem a custar caro e precisam de manutenção. Por ser um metal macio, o cobre conduz bem o calor, mas precisa ser polido para manter sua aparência brilhante. Os fundos de cobre em panelas de aço inoxidável, no entanto, oferecem o melhor dos dois mundos, fornecendo a você um material seguro contra os alimentos e os benefícios condutores do cobre.


Panelas de ferro fundido


O ferro fundido dura muito tempo, se espalha e mantém o calor muito bem, para que a comida aqueça de maneira uniforme. Mas a manutenção é pesada e razoavelmente alta. As panelas também exigem tempero com uma camada de óleo para evitar ferrugem e aderência. Como resultado, eles têm instruções especiais de limpeza (não devem entrar na máquina de lavar louça nem serem lavadas com detergente). E você deve secá-lo completamente após cada uso.


Como parte do ferro entra na sua comida, é importante ter cuidado com o quanto você a usa. Muito ferro pode ser tóxico. Se você não tiver ferro, as panelas de ferro fundido podem ser uma maneira simples, embora altamente imprecisa, de adicionar ferro à sua dieta.


Panelas de vidro


O vidro não é reativo, o que significa que não libera produtos químicos nos alimentos. Geralmente é barato e é seguro para colocar no microondas e na máquina de lavar louça. Você pode usar a maioria das panelas de vidro em fogões elétricos, mas não a gás.


No lado contrário, você nunca deve colocar panelas de vidro quente em uma superfície fria, pois ela pode rachar ou até quebrar. Além disso, o vidro é mais pesado e mais frágil do que muitos outros tipos de utensílios de cozinha, não funciona em fogões de indução e não é antiaderente.


Panelas de aço carbono

As panelas de aço carbono têm uma composição muito semelhante ao ferro fundido, mas são mais leves que o ferro fundido, facilitando o uso e o armazenamento. Também pode suportar temperaturas muito altas.


No entanto, o aço carbono exige tempero como ferro fundido e se degrada na presença de alimentos ácidos como o tomate. O aço carbono também desenvolve o que é chamado de pátina, um filme acastanhado causado pela oxidação ao longo do tempo, o que algumas pessoas dizem que da a comida um sabor característico. Além disso, ele pode lixiviar ferro nos alimentos, o que na maioria dos casos não é algo que você deseja.


Como o ferro fundido, as panelas de aço carbono não podem entrar na máquina de lavar louça. E também demora um pouco para aquecer e não retém seu calor, tornando-o relativamente ineficiente.


Panelas de aço inoxidável


O aço inoxidável é uma opção saudável para panelas que podem durar muito tempo. Funciona bem para panelas de pressão e grandes potes de sopa, legumes cozidos no vapor e grãos para cozinhar. No entanto, o aço inoxidável não é bom para frigideiras, porque não é antiaderente. Requer muita água ou um pouco de óleo para impedir que os alimentos grudem.


Panelas de aço inoxidável de alta qualidade podem ser caras. Mas lembre-se de que uma panela de aço inoxidável bem-feita pode durar décadas, panela de aço cirúrgico duram mais ainda.


Panelas de ferro fundido revestidas com esmalte


O ferro fundido esmaltado possui um revestimento de porcelana, feito de vidro em pó, o que o torna à prova de ferrugem e de fácil manutenção. Esta versão é naturalmente antiaderente, portanto, não é necessário tempero antes de usá-la. Também não expolia produtos químicos ou ferro, não é afetado por alimentos ácidos, é relativamente leve e funciona em fogões de indução. Boas marcas são duráveis, mas o revestimento de esmalte pode se degradar com o tempo. Portanto, pode ser necessário substituir as panelas muito usadas a cada poucos anos.


Ao contrário do ferro fundido comum, as panelas com revestimento de esmalte existem em uma variedade de cores, além do preto. Você também pode limpá-lo regularmente com sabão, o que pode destruir o tempero com ferro fundido comum. O ferro fundido esmaltado também é uma boa opção se você quiser jogá-lo na máquina de lavar louça, algo que você não pode fazer com as panelas comuns de ferro fundido.


Panelas de cerâmica ou revestidas a cerâmica


Cerâmica ou revestimento cerâmico são opções saudáveis ​​de utensílios de cozinha por vários motivos. Com panelas 100% cerâmicas, você não precisa se preocupar com revestimentos ou lixiviação de produtos químicos. Você pode assar com elas e usar no fogão sem preocupações. Outras vantagens da cerâmica são a resistência a arranhões e o cozimento lento e uniforme.


Com as panelas com revestimento cerâmico, você deve certificar-se de que não contém chumbo, cádmio, substâncias poli e perfluoroalquil (PFAs) e ácido perfluorooctanóico (PFOA) - um produto químico cancerígeno liberado quando os PFAs são aquecidos. Embora esses produtos químicos sejam difundidos em panelas com revestimento de cerâmica, não é muito difícil encontrar panelas sem elas. Os fabricantes geralmente incluem "sem PFA", "sem PFOA" "e" sem chumbo e cádmio "em seus pacotes ou sites.


Panelas com revestimento de cerâmica funcionam em fogões de indução, mas 100% de cerâmica não. Outra desvantagem é que, embora seja forte, panelas de cerâmica sólida podem quebrar quando caem em uma superfície dura.


Panelas de titânio


O titânio é frequentemente usado para fabricar instrumentos cirúrgicos estéreis porque é considerado um metal " biocompatível ", o que significa que não reage adversamente ao corpo humano. As panelas feitas com titânio são mais leves, duráveis, não penetram nos alimentos e geralmente são mais acessíveis do que muitas outras opções. Além disso, é altamente resistente à ferrugem e arranhões. Quando exposto ao ar e à água, o metal reage com o oxigênio ao qual está exposto, criando um escudo natural de dióxido de titânio ao seu redor.


Uma das maiores desvantagens das panelas de titânio, no entanto, é que leva um tempo para aquecer e nem sempre conduz o calor uniformemente. Alguns fabricantes fizeram melhorias, como fazer panelas revestidas de titânio sobre um núcleo de alumínio. Ou, em alguns casos, cobrindo- os com uma mistura de cerâmica e titânio para melhorar a durabilidade e proporcionar uma qualidade antiaderente. Porém, nem todas as panelas de titânio são antiaderentes, especialmente se forem 100% de titânio. Além disso, certas panelas de titânio podem ser usadas em fogões de indução, enquanto outras não, portanto procure esse esclarecimento no pacote ou no site do fabricante.


Escolhendo panelas saudáveis ​​para suas necessidades.


Se você estiver cozinhando ou cozinhando alimentos, não precisa necessariamente que sua panela seja antiaderente. Mas para frigideiras ou frigideiras, o antiaderente se torna valioso.


A melhor escolha para você se resume às suas necessidades, preferências e prioridades pessoais de cozinha. E se está percebendo que precisa fazer uma limpeza nas suas panelas atuais, não entre em pânico. Faça algumas pesquisas e substituas lentamente. Cada passo que você der levará a uma cozinha mais segura e sustentável.


Utensílios de cozinha sustentáveis ​​e saudáveis ​​podem durar a vida toda.


#dramonicabergamo #dicasdadra #infoblog #medicinapersonalizada #saudehormonal #saudedamulher #saudedohomem #medicinafuncional

54 visualizações

ATENDIMENTO

CLÍNICA ISA DERMATO

Rua Raul Píres Barbosa, 1119 - Vila Manoel da Costa Lima - MS, 79040-150

Horário de Atendimento:

Segunda-Feira a Sexta-Feira: 07:00hs - 19:00hs 

TELEFONE: +55 67 3305-2951

CONTATO

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram