Buscar
  • Mônica Bergamo

VENENO NAS PANELAS DE ALUMÍNIO?

Há anos as panelas de alumínio são produtos básicos na nossa cozinha tanto por seu baixo custo como pela grande capacidade de conduzir calor. Mas décadas atrás, após autópsias encontrarem altos níveis de alumínio no cérebro de pessoas com doença de Alzheimer, surgiu a preocupação com os riscos na utilização de panelas de alumínio.

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA relata que a quantidade de alumínio que vaza para os alimentos a partir dessas panelas é muito menor do que a quantidade naturalmente presente em muitos alimentos e outros produtos habituais de consumo, desta forma a segurança desses utensílios de cozinha ainda é uma questão controversa.


Fontes de Alumínio


Além de utensílios de cozinha, o alumínio é encontrado naturalmente em rochas, minerais, argila e solo – que é como acaba nas plantas que comemos. Também é adicionado a muitos alimentos processados. O Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) estima que um adulto consome em média 7 a 9 mg de alumínio por dia oriundo dos alimentos, sem incluir a quantidade que pode vazar com o cozimento em potes ou panelas de alumínio. Além disso, o alumínio é adicionado a muitos bens de consumo, incluindo alguns antiácidos, aspirina, pasta de dentes, spray nasal e alguns cosméticos. Cerca de 100 a 200 mg de alumínio é encontrado em alguns comprimidos antiácidos, por exemplo. Em outras palavras, infelizmente está cada vez mais difícil evitar o alumínio.


Panelas de alumínio


A quantidade desse metal que vaza para os alimentos de panelas e utensílios de alumínio depende de vários fatores. Alimentos ácidos, como o molho de tomate, fazem com que mais alumínio vaze dessa panela em comparação com os efeitos de alimentos com baixo teor de ácido, como frango ou carne. O contato prolongado dos alimentos com esse metal - como tempos de cozimento ou armazenamento mais prolongados – também aumenta a quantidade de alumínio que penetra nos alimentos.


Além disso, um estudo de julho de 2013 publicado no “ISRN Public Health“ descobriu que potes de alumínio mais antigos absorvem mais desse metal nos alimentos em comparação com potes e utensílios novos.


Segurança de Alumínio


O corpo não tem benefícios com a exposição ao alumínio. A sua entrada no nosso corpo pode ser de forma inalatória, ingestão ou absorção pela pele. Esse metal pode causar danos aos pulmões se inalado em grandes quantidades e é considerado uma neurotoxina para o cérebro e o sistema nervoso. No entanto, o alumínio é muito mal absorvido, tornando a ingestão oral de utensílios de cozinha ou alimentos menos preocupante, de acordo com o CDC. Um relatório publicado na edição de fevereiro de 2001 da “Regulatory Toxicology and Pharmacology” observa que menos de 1 por cento do alumínio ingerido chega ao sangue, a maior parte do qual é excretado na urina. No entanto, pessoas com doença renal grave podem reter quantidades maiores de alumínio em seus corpos, o que pode causar demência, anemia ou doença óssea.


Doença de Alzheimer e Alumínio


Na década de 1960, quando suspeitou-se que o Alumínio poderia causar doença de Alzheimer , surgiram preocupações sobre a segurança do uso de panelas de alumínio. Embora esse problema de segurança não tenha sido totalmente resolvido, o alumínio dietético não é mais um dos principais suspeitos dessa doença. Um relatório publicado no "Journal of Occupational and Environmental Medicine" de maio de 2014 observou, por exemplo, que as alterações cerebrais causadas pela toxicidade do alumínio não são iguais aos danos ou prejuízos observados na doença de Alzheimer. Além disso, existem pesquisas conflitantes sobre questões-chave, como o impacto cognitivo da exposição ocupacional e a confiabilidade dos estudos realizados em animais sobre a toxicidade do alumínio.


Precauções


Como vimos anteriormente os trabalhos sobre toxicidade de alumínio podem ser conflitantes. Talvez, isoladamente panelas de alumínio não causem problemas. Em contrapartida, se soma das outras fontes de exposição, em indivíduos predispostos, elas podem sim ser consideradas nocivas.


Atualmente temos muitas opções de utensílios de cozinha incluindo vidro, aço inoxidável, esmalte moderno, aço cirúrgico e ferro fundido. Cada um com suas particularidades.


https://clankitchen.com/aluminum-safe-cooking/


Lembrando que, se você tem doença renal, corre um risco ainda maior de sofrer intoxicação por alumínio, portanto discuta maneiras de evitar o excesso de alumínio com seu médico.


#medicinapreventiva #dramonicabergamo #dicasdadra #infoblog #medicinapersonalizada #saudehormonal #saudedamulher #saudedohomem #medicinafuncional #façaexamesgeneticos #conheçaseucorpo #medicinaintegrativa

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ATENDIMENTO

CLÍNICA ISA DERMATO

Rua Raul Píres Barbosa, 1119 - Vila Manoel da Costa Lima - MS, 79040-150

Horário de Atendimento:

Segunda-Feira a Sexta-Feira: 07:00hs - 19:00hs 

TELEFONE: +55 67 3305-2951

CONTATO

  • White Facebook Icon
  • Branca Ícone Instagram